CÂNULA DE TRAQUEOSTOMIA AJUSTÁVEL PORTEX

CÂNULA DE TRAQUEOSTOMIA AJUSTÁVEL PORTEX

por CIRÚRGICA FERNANDES
na categoria Cânulas
Descrição
Asa de fixação ajustável com fácil deslocamento para se adequar a pacientes que tenham a traquéia maior que a habitual, obesos ou com tumor localizado em áreas que coincidam com os cuffs tradicionais;
Confeccionado em Cloreto de Polivinila (PVC) Siliconizado;
Com marcações a cada 1 cm para facilitar o posicionamento no paciente;
Rigidez inicial combinada com excelentes propriedades de deslize facilitando a inserção da cânula;
Acabamento arredondado que propicia maior conforto ao paciente;
Cânula com formato anatômico ajusta-se a anatomia natural do paciente diminuindo o risco de trauma e complicações;
Haste de fixação termosensível;
Disponível com ou sem profile “cuff” (alto volume e baixa pressão);
A ação do cuff profile é ajustar a pressão do balão durante o ciclo respiratório minimizando o risco de trauma na traquéia;
Somente uma mínima pressão é necessária para formar a vedação na traquéia evitando aspiração e vazamento de ar;
Balão piloto com importantes informações;
Válvula “one-way” que facilita a manutenção do cuff inflado. De cor azul altamente visível para prevenir lesões acidentais;
Conecção padrão de 15 mm;
Introdutor desenhado com características especiais para minimizar traumas durante inserção;
Fornecido com fita para fixação.

Indicação
Pacientes que tenham a traquéia maior que as habituais ou com tumor localizado em áreas que coincidam com os cuffs tradicionais;
Pacientes obesos.

Instruções de uso
Antes da introdução da cânula, deve-se inspecionar a integridade do sistema de balão e inflação quando possui cuff;
Antes de utilizar, desaperte a flange do obturador (se existir) e verifique se o obturador pode ser retirado da cânula. Reintroduza o obturador;

Pode se aplicar na ponta distal lubrificante à base de óleo para facilitar a inserção;
Introduza a cânula de traqueostomia de acordo com as técnicas médicas aceitas;
Encha o balão (quando houver) com uma quantidade de ar mínima para obter vedação eficaz e fixe a cânula de traqueo com fixador de traqueostomia.

Advertências
Desinflar o balão completamente antes de retirar a cânula de traqueostomia para evitar traumas à traquéia e ao estoma;
No caso de lubrificar a cânula antes da introdução, verificar se o lúmen não está obstruído;
Manter pouca resistência de ar no balão;
Durante procedimentos anestésicos, o Óxido Nitroso pode propagar-se para o balão causando aumento ou diminuição da pressão do mesmo;
As pressões devem ser monitorizadas constantemente durante procedimentos anestésicos;
O enchimento demasiado do balão pode causar dano irreversível à traquéia;
Evitar contato com eletrodos ou laser, devido ao risco de incendiar o PVC;
Não usar em pacientes com anatomia ou patologias das vias aéreas superiores anormais;
Após a conexão da traqueo ao sistema de respiração, evitar aplicar forças lineares ou giratórias para evitar a desconexão;
As cânulas de traqueostomia devem ser trocadas regularmente e de acordo com a necessidade do paciente.

Precauções:
Verificar todos os conectores do sistema de respiração;
Umidificar adequadamente os pacientes para evitar incrustrações do lúmen da traqueo e danos à mucosa;
Realizar aspirações regulares para manter o lúmen desobstruído;
Realizar a troca da cânula no prazo máximo de 30 dias;
Pacientes que usam a cânula no ambiente caseiro, deve ser orientado por um profissional especializado.
Usar solução salina para limpeza da cânula enquanto estiver colocada no paciente;
Não pode ser reutilizada;
Não reposicionar a cânula no paciente com o balão insuflado.

Cuidados de Conservação e Transporte
Manter em local seco e fresco.

Apresentação
Embalado individualmente
Esterilizado em Óxido de Etileno

Cânula de Guedel - PVC nº 2

OXIGEL MATERIAIS HOSPITALARES INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.